"O Abolicionista" (Joaquim Nabuco)

"O Abolicionista" (Joaquim Nabuco)

Arquivo "mp3"
disponível
R$3
Encomendar
Condições de pagamento e frete
Informação de contato
  • Pessoa de contato: O Virtuador
  • Telefone: (16) 9995-2811
  • Endereço postal: centro, Orlândia, São Paulo, 14620000, Brasil
Descrição detalhada de um produto

“O Abolicionismo”, de Joaquim Nabuco, não tem a ambição teórica de um livro de sociologia; quis ser apenas uma obra de propaganda.

O Abolicionismo, de Joaquim Nabuco, foi a primeira obra a articular uma visão totalizadora da nossa formação histórica, fazendo-o a partir do regime servil. Nessa perspectiva, a escravidão não constituiu um fenômeno a mais, inegavelmente relevante, mas devendo ser levado em conta em igualdade de condições com outros, como a monocultura ou a grande propriedade territorial.

Segundo Nabuco, foi a escravidão que formou o Brasil como nação; ela é a instituição que ilumina nosso passado mais poderosamente que qualquer outra. É a partir dela que se definiram entre nós a economia, a organização social e a estrutura de classes, o Estado e o poder político, a própria cultura. "O Abolicionismo" fez assim da escravidão o protagonista por excelência da história brasileira, intuição que tem sido largamente explorada por historiadores, sociólogos e antropólogos, embora raramente reconheçam essa dívida intelectual. Cumpre, porém, fazer uma qualificação importante. "O Abolicionismo" não tem a ambição teórica inerente a um livro de sociologia.

Ele quis ser apenas uma obra de propaganda, redigida em Londres em 1883, quando o autor purgava o ostracismo parlamentar das primeiras eleições diretas da nossa história.

Isso significa, por um lado, que a sua visão da sociedade brasileira teve de ser vazada numa prosa de feitio literário ou jornalístico, sem pretensões científicas e sem preocupações terminológicas; por outro, que ele não chegou a aprofundar o sistema de mediações entre o regime servil e os demais fenômenos da nossa formação, não escapando, portanto, a certo reducionismo inevitável. Nabuco nunca cogitou de lhe dar o desenvolvimento que o livro comportava, capaz de conferir-lhe idoneidade científica aos olhos do establishment sociológico.

Daí que "Os Sertões" continue a gozar de um status privilegiado na história da sociologia brasileira, embora se possa dizer do livro de Euclides que o seu escopo está limitado à formação das populações do interior do Nordeste, processo que, ao contrário do escravismo, desempenhou papel ancilar na nossa história.

De "Os Sertões" também se poderia dizer que a sua concepção esteve tão jungida às teorias sociológicas predominantes na Europa em finais do século 19 que envelheceu com elas. Pois as novidades -científicas, doutrinárias ou estéticas- costumam cobrar alto preço àquele que as adota por espírito de sistema.

No caso de Euclides, como no de outros igualmente bem equipados teoricamente, o "dernier cri" sociológico os desviou de tomar veredas mais prometedoras, como era a do modelo, implícito em "O Abolicionismo", baseado não no meio físico ou na raça, mas na forma da organização econômica e social.

É inegável que Nabuco estava relativamente desinformado das últimas tendências da sociologia européia ou do que se julgava no Brasil serem as últimas tendências da sociologia européia, pois as que inspiraram a concepção de "Os Sertões" tampouco eram novas quando ele foi redigido. Nos derradeiros anos de oitocentos, Buckle ou Taine haviam ficado para trás; Tonnies e Durkheim eram os gurus da nova sociologia que se elaborava na Alemanha e na França.

Graças a essa desinformação teórica, Nabuco escapou ao destino de escrever um livro destinado ao envelhecimento rápido, como aconteceu com tanta produção sociológica do tempo da República Velha. Nas artes, como nas ciências humanas, um certo grau, não diria de arcaísmo, mas de desatualização, pode ser saudável.

Informação para encomenda
  • Preço: R$3
  • Meio de empacotamento: Após a confirmação do recebimento através da nossa parceria de cobrança, será encaminhado para seu e-mail um link para fazer o download do arquivo.
Categoria do catálogo Negociol.com: Outra técnica áudio, vídeo e fotográfica em São Paulo
Criado: 23/01/12 14:26
Alterado: 18/03/13 07:06